terça-feira, 14 de abril de 2009

Resident Evil - Parte 1

. terça-feira, 14 de abril de 2009

resident evil

Resident Evil 1

Bem, como notaram, eu aprecio muito os games, e aproveitando, hoje não falarei de grandes criticas aos jogos, mas sim de um em especial do qual sou fã.

Resident Evil, qual gamer apaixonado em jogos de terror/survival não conhece/aprecia esta série?D esde jovem eu já era um gamerzinho, mas quando eu me aprimorei na arte, e passei a conhecer mais títulos sérios e bem construídos eu me deparei com essa pérola, na época de seu lançamento Resident Evil foi inovador, lindos gráficos, trilha sonora envolvente, um ambiente tenebroso que deixava seus sentidos mais atentos, preparados para qualquer zombie que tentasse te matar, além de possuir uma história muito bem construída com reviravoltas intrigantes e de personagens marcantes, e claro: os sustos,todos os fãs adoram se assustar com as cenas “tensas do jogo” hehehe, esse sim é um game que merece atenção, e digo que na minha opinião ele é o melhor jogo de gênero survival-horror. Agora um pouco da história (não darei perfis de personagens, por não querer tomar muito do tempo do leitor) dos três primeiros títulos da série (versões da playstation):

“Resident Evil 1”: Como já foi dito,este foi inovador, no conceito de gráficos e no tema, apresentando uma mansão nas montanhas Arklay que depois de desaparecimentos misteriosos foi palco de uma investigação da equipe do Serviço Tático Especial de Resgate(do original, Special Tactics and Rescue Service, ou, S.T.A.R.S), que ao entrar na mansão eles descobrem um vírus que resultava em um funcionamento das partes vitais do cérebro (Locomoção, visibilidade e diferenciação de objetos movéis e vivos, necessidade de alimento igual a própria substância constituinte [Canibalismo]) e então começa o pesadelo da equipe, que piora ao descobrirem um traidor entre eles. O jogo apresenta dois protagonistas: Chris Redfield e Rebecca Chambers, não contarei mais para não ser acusado de spoiler e estragar a surpresa de alguém xD.Claro só dizendo, é nesse jogo que os fãs conheceram um pouco da Umbrella(empresa farmacêutica que criou os vírus).

resident evil2

Resident Evil 2

“Resident Evil 2”: Este tem um fator memorável(partilhado por todos mas este é meu preferido) que ao selecionar o inicio do jogo o jogador ouve um som dizendo as seguintes palavras “Resident Evil two....”, além de avanços gráficos e sonoros, o jogo ficou com uma jogabilidade mais fluída e mais rápida auxiliando os jogadores que antes tinham dificuldade em atirar nos seus inimigos com eficiência. Esse jogo apresenta também dois protagonistas Leon S. Kennedy e Claire Redfield, que são auxiliados por outras duas personagens de nomes Ada Wong e Sherry Birkin, além de ter uma exploração mais efetiva das psiques das personagens e de uma história mais completa, mostrando um certo grau de corrupção aonde o chefe de polícia era subornado pela Umbrella para deixar as pesquisas deles em paz, mostrando também(com mais ênfase) que a investigação do S.T.A.R.S nas montanhas Arklay foi contra as ordens do chefe de polícia. O jogo se passa alguns meses após o primeiro incidente, aonde ratos infectados pela doença, começam a espalhar o vírus pelos esgotos, e após um ataque de zumbis Leon se encontra com uma sobrevivente, Claire que então tentam juntos encontrar uma saída, mas logo no começo do jogo a dupla é separada por um acidente automobilístico, assim cada um toma um caminho o que mostrou algo muito interessante no game, já que vinha com dois CD’s com dois cenários de cada protagonista, fechando muitos pontos abertos entre as histórias, além do desafio para o jogador que precisava terminar o cenário de um protagonista para abrir um novo cenário do outro protagonista, deixando uma idéia de caminhos cruzados. Como já dito, tem uma das histórias mais completas da série, talvez só não superando seu sucessor.

Resident_Evil_3_Nemesis_Pal

Resident Evil 3

“Resident Evil 3: Nemesis”: Para muitos esse é o melhor, seja pela protagonista, seja pela jogabilidade mais uma vez aprimorada, ou pelo chefe de fase que te persegue o jogo todo, mas na minha opinião o mais curioso quanto a esse título é que apesar de ser o terceiro game da série, ele se passa 24hrs antes do Resident Evil 2(a primeira parte do jogo) e termina 24hrs depois do segundo jogo(a segunda parte do game), A história expande sobre os locais e eventos do contágio do T-Vírus em Raccoon City(cidade ficticia aonde se passa a série) e conclui com o destino final da cidade e sua população infectada. Também possui uma das mais lembradas e carismáticas protagonistas da série Jill Valentine, que tem seu primeiro aparecimento no primeiro jogo sendo da equipe de Chris, que é uma mulher de personalidade forte (moldada após o trauma em Arklay) e que deseja escapar a qualquer custo, unindo-se até com mercenários da Umbrella, um em especial que é de grande ajuda para ela, que é o Carlos Oliveira(já que é o único sobrevivente de sua equipe ele não tem outra saída a não ser ajudar Jill), o objetivo dos mercenários era resgatar os sobreviventes, mas eles não esperavam pelo inferno que seria Raccoon infectada. Além dos protagonistas há um protagonista que muitos amam(odiar), que é a arma máxima da Umbrella, Nemesis, que é um tyrant(um dos monstros criados pela empresa) com aprimoramentos genéticos, e que tem o objetivo de dizimar os membros remanescentes do S.T.A.R.S., tendo muitas aparições em momentos críticos do jogo, que por sinal, desenvolveu uma inovação muito interessante, que é a escolha de caminhos, por exemplo em dado momento do jogo, Nemesis te encontra e ataca em uma ponte, você pode escolher pular da ponte e fugir pelo lago ou correr dele e entrar em uma indústria aparentemente abandonada. E pelo jogo se passar antes e depois do segundo, esse sim acaba de fechar os buracos na história do segundo (claro, não fecha todas para manter o suspense da série) e mostra o fim da infecção em Raccoon, tendo assim a história mais completa dos três, e pra fechar com chave de ouro, ao completar o jogo no modo Normal o jogador habilita os epílogos(um de cada vez) de cada um dos personagens com grande importância na série mostrando um pouco da vida destes após o término do pesadelo que foi Raccoon.

Bem, a segunda parte do post eu me aprofundarei nos Outbreak’s, no Code: Veronica e no 4. Até lá, continuem apreciando os posts de meus parceiros, comentem e claro, não deixem os zumbis levarem a melhor contra vocês.

E para os saudosistas: “Staaaars...”


Clique aqui para deixar seu comentário.

4 Comentários:

Francisco disse...

Confesso que os games, não são muito a "minha praia", por isso fico constrangido em comentar à respeito.
Porém, quero deixar registrado, que o "Lado B", a cada post está melhor, e estou me viciando...mais do que qualquer game.
Continuem assim, por favor!
Abraços.

exoticlic.com disse...

eamo resident evil nossa me piro d+ outra ficção legal é o Aeohn Flux

Diogenes M. disse...

COMENTANDO POR CAUSA DA COMU. MAS CONFEÇO Q CURTIE O BLOGG.

Mr.Cafa disse...

Ok, eu sou um viciado em games desde o master system , passando por um Atari, mega drive , Odissey ... rsrs

Ótimo blog e sem spoilers.

www.cabaretdevenus.blogspot.com

:)) ;)) ;;) :D ;) :p :(( :) :( :X =(( :-o :-/ :-* :| 8-} :)] ~x( :-t b-( :-L x( =))

Postar um comentário

"Faça o que tu queres, pois é tudo da lei!" E diga aqui também!

 
{nama-blog-anda} is proudly powered by Blogger.com | Template by Agus Ramadhani | o-om.com
BlogBlogs.Com.Br